Arquivo da categoria ‘Manel Loureiro Doval’

No terceiro livro da série Apocalipse Z, o mundo já está devastado pela epidemia de não mortos que assolou a humanidade. Não existem mais instituições, nem estados, os alimentos são escassos e não há nada que lembre as pessoas de que elas são seres humanos.
Um advogado, sua amada Lucía, o irrevente e durão Viktor Pritchenko e o gato de estimação Lúculo tentam escapar da epidemia e das guerras entre os grupos sobreviventes pelo mar, mas não conseguem aguentar por muito tempo. Após uma feroz tempestade, são resgatados por um petroleiro cuja tripulação parece não ter sofrido com a epidemia. Ao chegar à comunidade de Gulfport os amigos estranham a nova forma de organização social, algo não está certo… Mas já é tarde demais.

Formato : EPUB

http://adf.ly/tsSPh

Neste segundo livro da série, os sobreviventes do Apocalipse Z conseguem chegar às ilhas Canárias, uma das últimas zonas livres dos não mortos. Mas, o que ali encontram é um estado militar enredado em uma guerra civil, com uma população faminta e quase sem recursos para sobreviver. Em Tenerife, o protagonista e seu amigo Víktor Pritchenko recebem uma missão quase suicida – devem acompanhar uma equipe de soldados até Madri e saquear o hospital La Paz. Esse hospital foi um dos primeiros pontos seguros a ser invadido, mas é lá que estão armazenadas toneladas de medicamentos imprescindíveis para os sobreviventes. Para tanto, vão ter de dizer adeus à segurança da ilha e voltar a um inferno inimaginável – uma cidade pós-apocalíptica, cheia de zumbis agressivos que colocarão à prova seu desejo de lutar pela vida.

Formato : EPUB

 

http://adf.ly/svsAs
VERSION DEFINITIVA

 

“Apocalipse Z – O Príncipio do Fim” (Editora Planeta) é um dos melhores livros de terror dos últimos tempos e resgata um tipo de narrativa tradicional do gênero: o diário. Como um Lovecraft, Manel descreve como o mundo foi devastado por uma estranha doença que transforma homens em “não mortos” canibais.
Claro que o gênero zumbi está saturado de obras sem inspiração ou propósito, porém, “Apocalipse Z” ganha o leitor com uma narrativa cativante que te prende do começo ao fim. Engraçado que mesmo no meio do livro, a sensação de que o protagonista vai morrer a qualquer momento é muito grande. Trata-se de uma história que você nunca imagina o que poderá acontecer a seguir.
Manel Loureiro estudou a fundo e parece ter memorizado “O Guia de Sobrevivência a Zumbis”, de Max Brooks, que considero a bíblia do gênero, e todos os melhores de Romero. Para sobreviver ao fim do mundo, as pessoas devem ter reservas de comida, água corrente, preparo físico e nervos de aço.
Arrisco dizer que “Apocalipse Z” está para a literatura assim como “The Walking Dead” está para os quadrinhos. Além de não dever em nada para clássicos, como o bem sacado “Celular”, do mestre Stephen King.

Formato : Epub

http://adf.ly/slwPX